Owenia fusiformis Delle Chiaje, 1841

 

 

 

Descrição. Corpo cilíndrico com 24 segmentos. Coloração pálida amarelada ventralmente e avermelhada dorsalmente. Corpo dividido em cabeça, tórax e abdomêm. Cabeça com boca terminal circundada por lábio peristomial lobulado e dividido dicotomicamente. Ramos labiais localizados na borda do lábio peristomial. Uma crista dorsal triangular entre os lobos labiais dorsais. Peristômio largo, com um par de ocelos ventro-lateriais, não encobertos pelo colarinho. Tórax com 3 segmentos providos de notocerdas capilares. Duas cristas glandulares torácicas, dispostas dorso-lateralmente em forma de U estendendo-se pelos 3 segmentos torácicos e uma lateral, entre os feixes de cerdas dos segmentos 2 e 3. Segmentos 4-7 mais longos que os posteriores. Demais segmentos abdominais mais curtos até o pigídio. Segmentos abdominais com feixes de capilares notopodiais e ganchos bidentados neuropodiais. Um par de cristas dorsais por segmento. Ânus dorsal, lóbulos pigidiais e brânquias ausentes.

 

Fotos.

Peristômio
Vista Geral com o Tubo

 

Distribuição. Espécie considerada amplamente cosmopolita. No Brasil ocorre desde o nordeste (Alagoas) até o Rio Grande do Sul. Nonato (1981) examinou exemplares provenientes da Ilha Grande e na Enseada do Flamengo. O exemplar fotografado neste trabalho foi coletado num costão da face oeste da Ilha do Mel, conhecido como “pontinha”.

Ocorrência. Abundantes em fundos de areia, cascalho de conchas e substratos areno-lodosos. Presente em águas rasas até 4000 metros de profundidade, em todos os oceanos.


Mapa de distribuição
Lista das famílias